Piccini Cucina revisita clássicos da gastronomia italiana

Novo restaurante instalado nos Jardins tem à frente ex-gerente do Gero

Dos litorais às regiões montanheiras, do norte ao sul, toda a diversidade da gastronomia da Itália está representada no Piccini Cucina. Comandado por Samuel Rodrigues, que traz na bagagem 11 anos de experiência no Grupo Fasano, sendo os oito últimos como um dos responsáveis pela operação do Gero, e pelo empresário Gustavo Patti Maia, o novo restaurante dos Jardins apresenta um receituário clássico com algumas releituras. De um pastifício no segundo andar do imóvel, onde há também uma extensão do salão principal, saem as massas e os pães servidos do menu. Destaca-se ainda a carta de vinhos que dedica atenção especial aos rótulos do país que serviu de inspiração para o restaurante.

Com capacidade para 80 pessoas, o Piccini Cucina lembra, já na entrada, as residências típicas da Toscana. Paredes de pedra, janelões e portas em formato de arco e muitas plantas fazem da varanda de frente para a pequena rua Vitório Fasano um convite a bons momentos em torno da mesa a qualquer hora do dia. Do salão principal é possível ver toda a movimentação na cozinha e no bar. Enquanto no primeiro andar, o cliente acompanha de perto o cuidadoso trabalho na massaria.

Cardápio

Preparada com capricho pelo chef Denis Orsi, chef Diego Bispo e equipe, a Le foccace di recco (R$ 38) é uma massa de focaccia bem fina, recheada com stracchino, gorgonzola e mussarela de búfala, pensada para começar o almoço, jantar ou ainda acompanhar um bom vinho da carta durante a tarde. Entrada quentinha, a Polenta al ragu de salsiccia (R$ 62) é bem cremosa e leva ragu de linguiça, espinafre e fonduta de grana padano. O Pappardelle al ragu di cinghiale (R$ 69, foto à esquerda) combina perfeitamente a carne macia de javali com azeitonas pretas, tomatinhos assados e manjericão. O Rigatoni Cacio e Pepe di mare (R$ 86) é uma versão do clássico cacio pepe (queijo pecorino e pimenta-do-reino) acrescida de lulas e mexilhões. Já o Gnocchi gratinati al tartufo (R$ 98) é feito à base de cacio e pepe com salsa de trufas negras, porcini e cebola roxa. A Lasagna di verdure (R$ 62), com abobrinha, berinjela, queijo scamorza defumado e pesto de manjericão, é uma boa opção vegetariana entre as massas recheadas. Na lista de carnes, a Paletta di agnello (R$ 96) tem tagliolini na manteiga e sálvia escoltando o corte de cordeiro. E a Cotoletta alla milanese (R$ 82) reúne prime rib suíno, risoto de açafrão e straciatella. Para adoçar, o Tortino di cioccolato e lamponi (R$ 35) é uma torta morna de chocolate com framboesa e gelato de baunilha.

A extensa carta de vinhos assinada pelo experiente sommelier Marco Bimbatti reúne mais de 100 rótulos. Com foco nos italianos, a seleção inclui os espumantes Terra Serena – Grand Cuvèe extra dry (R$ 105), de Veneto, e o Le Marchesine – Francia Corta Secolo Novo (R$ 460), da região da Lombardia; o branco Coppo – Gavi La Rocca 2018 (R$ 340); e os tintos Montepulciano D’Abruzzo (R$ 232) e Amarone della Valpolicella (R$ 646). Na lista de drinques, preparados pelo bartender Jonas Lima, clássicos dividem espaço com suas criações, como o curioso Spicy banana (R$ 38), feito com gin, banana, suco de limão e xarope de gengibre, finalizado com espuma cítrica e um leve toque de pimenta. O Cacafé (R$ 48) combina vodka, café expresso, laranja bahia e licor de café. Para quem gosta de whisky, o Woodford mule (R$ 45) é uma versão do moscow mule preparada com o woodford reserve, suco de limão, xarope de gengibre e ginger beer, e finalizada com espuma cítrica. O tradicional Carajillo (R$ 45), com café e licor 43, também aparece na lista.


Serviço:
Endereço:  Rua Vitório Fasano, 49, Cerqueira César.
Telefone: (11) 3476-3376/ (11) 96481-7877
Funcionamento: terça a domingo, das 12h às 23h
Aceita reservas: Sim
Cartões de crédito e débito: todos
Tíquetes: nenhum
Estacionamento com manobrista: R$ 28

Compartilhe

Comentários estão fechados.