Novidades para o verão no BISTROT DE PARIS

Esse ano, o menu de verão do chef Alain Poletto será apresentado em um formato diferente.

O chef resolveu fazer pratos do dia com ingredientes e técnicas de cocção mais delicadas escritas em uma pequena lousa que fica em cima de cada mesa. “Estaremos sempre em busca dos produtos de momento, ou seja, os ingredientes que estão mais frescos naquele dia. Assim, nossos clientes vão poder provar receitas diferentes com o melhor disponível naquele momento. Compramos os peixes todos os dias, os legumes e verduras são os melhores da estação e orgânicos por exemplo.” revela Alain.

A ideia é ter novidades sempre, manter os produtos que tem a alma de bistrô e apresentá-los de uma forma mais suave que combine com a nova estação. “Dessa forma, trocamos os ragus, cozidos mais pesados e molhos mais elaborados por grelhados e jus, que são muito mais leves para o verão” completa Alain. A lousas sempre vão ter duas opções de entrada, uma carne, um peixe e uma sobremesa.

Entre as opções estão a Salada Goumande (R$82), um clássico de bistrô com vagens holandesas e avelãs, foie gras na torrada, magret de pato defumado, confit de pato e moela de pato – uma iguaria francesa -, Carpaccio de Polvo com vinagrete de azeite, limão, hortelã e romã,  mini rúculas e torradas (R$82); Picanha de cordeiro com batatinhas salteadas e legumes orgânicos de momento (mini rabanete, brócolis roxo, champignons) e purê de alho doce (R$92), Tagliatelle feito na casa com fondue de raclette e legumes orgânicos; Namorado no vapor com bisque de camarão, aspargos e palmito grelhado (R$88); e a sobremesa Baba ao Mé – uma brincadeira que  chef fez com a famosa Baba au rum,  trocando o rum por cachaça – que é flambado na mesa acompanhado com uma porção generosa de chantily (R$29).

O Bistrot de Paris ainda oferece em seu cardápio uma seção especial de ostras e mexilhões frescos que combinam muito com a nova estação e principalmente com a varanda da casa, onde está o Jacques Bar. As ostras são servidas frescas com o vinagrete do bistrot (6 unidades – R$ 48,00 | 12 unidades – R$ 79). Já os mexilhões são servidos em duas versões:   Mexilhões ao Creme de Curry e Fritas (R$ 79) e Mexilhões gigantes à provençal (6 unidades – R$ 59).

SOBRE O BISTROT DE PARIS 

Na Villa San Pietro, escondida no meio da agitação dos Jardins, o Bistrot de Paris foi repensado em todos os detalhes para se tornar um autêntico bistrot francês e oferecer uma verdadeira experiência de bistronomia. Pautado por sua vivência, o sócio-chef Alain Poletto, assina o cardápio de clássicos incontornáveis, o que reforça ainda mais seus laços com a verdadeira cozinha francesa com pratos como o magret de pato aux fruits rouges, Bœuf Bourguignon, steak tartare e confit de pato, entre outros. Isso tudo sem deixar de lado seu lado criativo com sugestões especiais servidas todos os dias, resultado de uma cozinha autoral. “Quero trazer de volta as letras de grandeza aos ingredientes menos nobres, valorizada com a técnica e o savoir faire, da alta gastronomia”, explica Alain. A filosofia do restaurante é de muito rigor nos bastidores: a origem e a sazonalidade dos produtos, a seleção das receitas seguindo técnicas clássicas, o serviço atencioso e a completa carta de vinhos com forte representatividade francesa e excelentes opções em taça. A decoração também apresenta roupagem característica. A fachada com seus detalhes é uma passagem à França, o salão principal traz estofado vermelho com suas típicas barras de latão; gravuras originais das décadas de 1920 e 1930, incluindo o passo a passo de como se apreciar um bom vinho, de Charles Martin, e os desenhos do célebre ilustrador francês (e amante de Coco Chanel), Paul Iribe.


Bistrot de Paris: Rua Augusta, 2542 – Jardim Paulista – São Paulo – SP – Fone (11) 3063-1675

Compartilhe

Comentários estão fechados.