Barletta apresenta cozinha italiana clássica e vinhos a preço de loja nos Jardins

Aberto em novembro de 2020, anexo a Grand Cru, na esquina da Alameda Tietê com a rua Bela Cintra, o restaurante destaca sua salumeria entre receitas autênticas

Há um ano, o Barletta abriu as portas na esquina da Alameda Tietê com a rua Bela Cintra, nos Jardins, para apresentar sua cozinha italiana clássica. Entre massas e outras receitas tradicionais bem executadas, o restaurante destaca no cardápio uma ala especial dedicada à salumeria artesanal, fornecida por pequenos produtores. Na ala etílica, o grande atrativo são os mais de 600 rótulos de vinhos da importadora Grand Cru, anexa ao imóvel, que saem pelos mesmos preços da loja. Há ainda coquetéis, como o Negroni, presente na carta em cinco versões. Tudo oferecido no almoço e no jantar, que às quintas-feiras é regado a jazz tocado ao vivo.

Assim que entra no Barletta, o cliente depara com um belo balcão com banquetas altas em ambiente à meia luz. Um convite a uma ou muitas taças de vinho. Em frente, um salão com janela para a Tietê e uma parede com jardim vertical e grandes sofás acomoda bem grupos e casais. Há ainda um espaço ao fundo, mais reservado, que pode ser fechado para eventos.

Cardápio

Ótima opção para pedir enquanto toma uma bebida, as tábuas de queijos e embutidos são montadas conforme o gosto do freguês, reunindo um ou mais itens. Há Salame Cacciatore (R$ 19), Pancetta (R$ 22) e Gorgonzola doce (R$ 24), entre outros. Uma das bruschettas que aparecem na lista de entradas combina queijo de cabra, tomate confitado e mel trufado (R$ 26).  E o Frito do mar (R$ 59) leva camarões, lulas e peixe empanados em farinha de sêmola.

Entre os principais, o Coliseu (R$ 74) é uma massa fresca feita na casa enrolada com presunto culatello e mussarela, com molho pomodoro. O Gnocchi de beterraba com fonduta de gorgonzola e nozes (R$ 60) é perfeito para quem não quer comer carne. Já a Cotoletta alla milanese (R$ 71) une no prato a costeleta suína empanada e frita com batatas assadas e saladinha de rúcula com tomate cereja. De terça a sexta-feira o almoço executivo sai por R$ 69, com entrada, prato principal e sobremesa, ou R$ 79, se acrescentar uma taça de vinho (branco ou tinto).

.

Para beber, vinhos importados ficam à disposição e tem o valor da garrafa vendida na Grand Cru. Caso Cocodrilo (R$ 279,90). Seis rótulos (três brancos e três tintos) diferentes por dia são oferecidos em taça. Para quem prefere um bom coquetel, vale provar uma das opções de Negroni da casa como o defumado (R$ 38) ou o envelhecido em Umburana (R$ 40). Todas as quintas-feiras, Ricardo Baldacci Trio anima a noite com jazz ao vivo.


Serviço:

Alameda Tietê, 360 – Jd. Paulista – São Paulo/SP, 01417-020
Telefone: (11) 97103-6425
Funcionamento: terça a sexta, das 12h às 15h30h e das 18h30 às 23h. Sábados, das 12h às 16h e das 19h às 23h. Domingos, das 12h às 16h.
Instagram: www.instagram.com/barlettaristorante/

Delivery: Ifood e Rappi
Estacionamento com manobrista: R$ 25

Preço da rolha: R$ 70

Cartões de crédito: Visa, Master Card, Dinners, Amex, Hiper, Elo

Cartões de débito: Visa, Master, Elo

Tíquetes: Não

Compartilhe

Comentários estão fechados.