Vantagens de ter a Cidadania Portuguesa com a Sou Lusitano

Porque Portugal?

QUALIDADE DE VIDA EM PORTUGAL RECONHECIDA PELOS IMIGRANTES

Portugal tem reconhecimento internacional pela qualidade de vida, em uma pesquisa realizada pela InterNations que leva em consideração especialmente a opinião de imigrantes que vivem no país, destaca Portugal no primeiro lugar para qualidade de vida.
São muitos os fatores que contribuem para esse reconhecimento e que atraem estrangeiros de várias nacionalidades, incluindo brasileiros. O país se destaca em subcategorias como: atividades de lazer, facilidade de se mudar para o país, saúde e o bem-estar, a segurança e custo de vida.

SAÚDE EM PORTUGAL

saúde pública em Portugal é de qualidade e atende a maior parte da população do país. O atendimento varia de acordo com a região de Portugal. Mas de forma geral o serviço médico público funciona muito bem. Além disso, os hospitais públicos são referência no país.
No Euro Health Consumer Index, Portugal ocupa o 13º lugar no ranking de sistemas de saúde europeus. A classificação avalia serviços nacionais de saúde na Europa com base em indicadores como direitos e informação dos pacientes, acessibilidade, resultados, diversidade e abrangência dos serviços prestados, prevenção e produtos farmacêuticos.

A saúde não está relacionada apenas a doenças, mas também à prevenção. Visando combater fatores de riscos responsáveis por grande parte das doenças crônicas, foram criados programas específicos contra o tabagismo, a favor de uma alimentação saudável, atividade física, controle do diabetes e doenças cérebro-cardiovasculares, doenças oncológicas e doenças respiratórias.

Os remédios em Portugal são considerados itens básicos e a população só paga um imposto único sobre eles (IVA).  Além disso, muitos medicamentos fazem parte do regime especial de comparticipação. No qual o governo paga boa parte dos medicamentos diretamente às farmácias e o preço sai por um valor bem simbólico para a população.

COVID 19sucesso no controle da pandemia Quase 70% dos portugueses já têm uma dose de vacina, 57% têm vacinação completa

Portugal anunciou nesta quinta-feira (29 julho) um plano de três etapas para suspender as restrições da Covid-19, incluindo o fim do toque de recolher noturno, à medida que a vacinação no país avança. A partir de domingo (1º), às 23h no horário local, o toque de recolher não estará mais em vigor e as restrições ao horário de funcionamento de restaurantes e lojas também serão suspensas, informou o primeiro-ministro de Portugal, António Costa. Cerca de metade da população está agora totalmente vacinada e a segunda fase começará em setembro, quando 70% da população estiver totalmente vacinada, terminará a obrigatoriedade do uso de máscaras em áreas externas, mas ela ainda será exigida em grandes aglomerações e ambientes fechados.

SEGURANÇA EM PORTUGAL

segurança também influencia bastante na qualidade de vida em Portugal. Segundo o Global Peace Index (GPI)Portugal é o terceiro país mais pacífico do mundo.

O índice de criminalidade é muito baixo e a polícia de Portugal atua de forma imponente, na prevenção contra os crimes em vez da remediação.

O governo português investe na segurança pública, um dos motivos pelos quais o país é tão seguro. A segurança é sentida ao andarmos pelas ruas, passearmos ao ar livre, sacarmos dinheiro em caixas eletrônicos, estacionarmos o carro, sairmos à noite, etc…

Portugal é um país tranquilo e oferece o que muitos brasileiros buscam: segurança. Imagine voltar para casa a qualquer hora do dia ou da noite sem medo? Em Portugal, pelo menos na maior parte do país, você encontra essa tranquilidade.

EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

Portugal possui Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) bastante elevado e taxa de analfabetismo de 4,1%. Conforme consta na constituição portuguesa, todos têm direito ao ensino e o estado deve garantir a igualdade de oportunidades.

O país está em 40º lugar no ranking de desenvolvimento humano da Organização das Nações Unidas (ONU), na frente de países como a Hungria e a Croácia e atrás de países como a Noruega e a Finlândia. O país também se destaca nos exames da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Nas escolas públicas, os pais devem pagar apenas pela alimentação e pelos materiais didáticos de seus filhos. O valor varia de acordo com os salários dos pais: quem ganha mais, consequentemente paga mais. Contudo, não é cobrada mensalidade no ensino básico e secundário.

Além disso, as escolas portuguesas (públicas e privadas) funcionam em horário integral, possibilitando que os responsáveis pelas crianças trabalhem, sem preocupações sobre com quem deixar seus filhos. As escolas em Portugal têm infraestrutura para os estudantes praticarem atividades físicas e lúdicas, além de aprenderem dois idiomas, sem contar com o português.

SERVIÇO @soulusitano_

 

Compartilhe

Comentários estão fechados.