IMS Paulista exibe Pobre Pete, de Alfred Hitchcock, com trilha sonora ao vivo

Nos dias 19 e 20 de julho (terça e quarta), último filme mudo do mestre do suspense tem sessão acompanhada por performance do grupo Música de Selvagem

Nos dias 19 e 20 de julho (terça e quarta-feira), às 20h30, o Cinema do IMS Paulista apresenta Pobre Pete (1929), último filme mudo dirigido pelo cineasta Alfred Hitchcock. As duas sessões contarão com trilha sonora ao vivo executada pelo grupo Música de Selvagem.


Pobre Pete (The Manxman, já distribuído no Brasil com os títulos O ilhéu e Entre a lei e o coração) é uma adaptação do romance homônimo (1894) do escritor britânico Hall Caine (1853-1931). A história se passa em uma pequena comunidade de pescadores, onde dois amigos de infância, que tomam caminhos bem diferentes, apaixonam-se pela mesma mulher.
Em diálogo com a narrativa do filme, a performance do Música de Selvagem será baseada na improvisação coletiva, guiada por indicações de tempo e intensidade, alternando diferentes formações instrumentais — solos, duos, trios e quarteto. Nas apresentações no IMS, a formação do grupo será composta por Guilherme Marques (percussão e direção musical), Inés Terra (voz), Julia Teles (teremim) e Marcelo Cabral (baixo acústico).
Com valor de RS 20 (inteira) e 10 (meia), os ingressos para as sessões já estão à venda no site Sympla. Também poderão ser adquiridos na bilheteria do IMS Paulista no dia de cada exibição.
Sobre o Música de Selvagem
Formado em 2014 por Arthur Decloedt e Filipe Nader, o Música de Selvagem é um grupo dedicado à música improvisada em suas diferentes formas: improvisação livre; canção e improvisação; improvisação musical e outras linguagens artísticas. Além de Arthur e Filipe, o grupo conta ainda com Guilherme Marques e com diversas colaborações de nomes como Celio Barros, Marcelo Coelho, Amilcar Rodrigues, Cuca Ferreira, Inés Terra, Julia Teles e Marcelo Cabral (dependendo do projeto). Com três discos lançados ao longo de sua trajetória — Música de Selvagem (2016), Volume único (2018) e Pensamento selvagem (2021) –, o grupo integra o cast de artistas dos selos Risco, no Brasil, e Shhpuma, na Europa. A banda já criou trilhas sonoras para filmes como Astracã, de Victoria Vic, exibido no 13º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, além de participar de duas edições do Cinematographo, do MIS, apresentando sonorizações ao vivo.
Serviço

Sessões especiais do filme Pobre Pete, com trilha ao vivo

19 e 20 de julho (terça e quarta)

20h30

Cineteatro – 3º andar – IMS Paulista

 

Ingressos

R$ 20 inteira e R$ 10 meia

Vendas antecipadas já disponíveis no site Sympla ou, no dia do evento, na bilheteria do IMS Paulista, a partir das 12h.

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424

São Paulo

Tel.: 11 2842-9120

Recomendamos o uso de máscara durante a sessão

 

Ficha técnica
Pobre Pete (1929)

Direção: Alfred Hitchcock

 

Música de Selvagem

Guilherme Marques (percussão)
Inés Terra (voz)
Julia Teles (teremim)
Marcelo Cabral (baixo acústico)

Direção musical — Guilherme Marques
Som — Lilla Stipp
Luz — Grissel Piguillem Manganelli

Compartilhe

Comentários estão fechados.